Manutenção.

aspiradores para piscinas

Com certeza que já se questionou sobre qual o aspirador de piscinas mais adequado para a sua piscina. Ou então já comprou um mas acabou por descobrir que não corresponde às suas expectativas.
Estas situações são frequentes entre os proprietários de piscinas pois no mercado existe uma vasta oferta de marcas, modelos e tecnologias para equipamentos de limpeza de piscinas por aspiração.

Estes equipamentos dividem-se em três grandes grupos: Os aspiradores manuais, os aspiradores hidráulicos e os aspiradores automáticos.

Os aspiradores manuais são os mais simples e também os mais económicos. São aplicados na extremidade de um cabo e ligados ao sistema de filtração das piscinas por uma mangueira. Estes aspiradores funcionam com a circulação da água provocada pela bomba das piscinas e requerem que um operador o faça percorrer o fundo da piscina. Deste modo o aspirador irá recolher a sujidade que será retida no pré-filtro e filtro das piscinas. Como vantagens deste equipamento podemos apontar o seu reduzido custo e a sua simplicidade de funcionamento. As suas principais desvantagens são o tempo e esforço necessários para a sua utilização e o facto da sujidade ser conduzida para o sistema de filtração das piscinas levando a lavagens do filtro e trocas de areia mais frequentes.

Os aspiradores hidráulicos apresentam uma boa relação qualidade-preço. À semelhança dos aspiradores manuais também são ligados ao sistema de filtração das piscinas, mas estes aspiradores usam a circulação da água provocada pela bomba das piscinas para se deslocarem pelo fundo da piscina prescindindo assim da necessidade de um operador para a sua utilização, tornando-se autónomos. Uma grande vantagem deste aspirador é a sua autonomia de acção, libertando o utilizador para outras actividades. Outra vantagem é a de ter um reservatório próprio para a sujidade não sobrecarregando assim o sistema de filtração das piscinas e aumentando o intervalo de tempo entre as lavagens do filtro e trocas de areia. Como desvantagem temos a necessidade de ter o sistema de filtração em funcionamento durante a aspiração o que terá um impacto económico se forem muito regulares e demoradas.

Os aspiradores automáticos, também conhecidos por robôs, são a solução mais avançada para a limpeza da sujidade das piscinas. Estes aspiradores caracterizam-se por terem incluído o seu próprio motor, alimentado electricamente, tornando-se assim completamente independentes de operadores e do sistema de filtração das piscinas. São extremamente eficazes na limpeza do fundo, paredes e inclusive a linha de água das piscinas. A grande vantagem destes equipamentos é exactamente a sua tecnologia que permitem um alto desempenho e total autonomia, permitindo alguns modelos até uma programação horária da sua actividade. Por possuírem também um reservatório próprio para a sujidade não sobrecarregam o sistema de filtração das piscinas e aumentam também o intervalo de tempo entre as lavagens do filtro e trocas de areia. A única característica que poderemos apontar como desvantagem será o seu preço, mas se tivermos em conta o seu desempenho e autonomia é um investimento que rapidamente se rentabiliza.